Carta de Mulheres Brasileiras — 1982

 

Não é um espetáculo mas um happening que, diverso do conceito original, parte de um ponto pre­determinado (cartas de mulheres brasileiras) e abre para um resultado não previsto. 0 happening é provocado também por diversos acessórios de cena de signo feminino.

 

O espaço teatral determinado vai sendo criado pelo grupo formado de mulheres de todas as idades presentes (assim como aquelas cujas cartas fazem com que se tornem presentes). De fato, Carta de Mulheres Brasileiras é uma performance, talvez a única na minha carreira de direção teatral, que redefine o velho conceito de happening do Living Theatre, adotado também pelo Gruparte Teatro Educação de São Paulo que dirigi na década de 70.

 

Carta de Mulheres Brasileiras é um evento de história coletiva e, nesse sentido, foi recuperado mais tarde pelo Tribunal Tiradentes e Vesperal Paulistânia.

 

revista ar'tes | Cartas brasileiras

 

revista nova | Cartas brasileiras

 

cartaz | Cartas brasileiras

 

© 2019, Joana Lopes.